Browsing Tag

equilíbrio financeiro

Produtos Bancários

Cheque Especial: cuidado com este vilão bancário

agosto 30, 2019

Para ficar sempre de olho nas finanças, é muito importante ter conhecimento sobre os produtos bancários disponíveis no seu banco, principalmente os que podem se tornar vilões do seu equilíbrio financeiro. Um exemplo deles é o cheque especial e por isso, hoje separamos as principais informações que você precisa saber sobre ele! Vamos lá?

O que é o cheque especial?

Resumidamente, cheque especial é um contrato no qual a instituição financeira se compromete a disponibilizar um determinado valor na conta do cliente (muitas vezes pré-aprovado) para cobertura de saldo negativo, mediante a cobrança de juros, que são considerados os mais altos do mercado financeiro. Além disso, sobre esse valor emprestado, o cliente também paga IOF (imposto sobre operações financeiras).

Quando utilizar o cheque especial?

Essa modalidade de empréstimo deve ser utilizada somente para coberturas pontuais (emergência) e durante curto período.

Quais são as armadilhas da utilização?

No caso do cheque especial, os juros altíssimos já são uma grande armadilha!

Além disso, algumas instituições oferecem essa linha de crédito sem cobrar juros caso a cobertura da dívida ocorra nos primeiros dias de utilização. Isso acaba dando ao cliente uma falsa sensação de que não há problema em ficar com o saldo negativo.

E é aqui que mora o perigo, pois caso o pagamento seja feito após os dias estipulados pelo contratado, os juros são cobrados em cima do período total, contando inclusive os dias que estavam isentos.

Como me blindar?

O grande volume de uso incorreto dessa linha de crédito e o elevado percentual de inadimplência pelos correntistas fez com que a Febraban (Federação Brasileira dos Bancos) estabelecesse novas regras para oferta dessas linhas de crédito pelos bancos.

Para acessar a integra do normativo da Febraban, clique aqui.

Confira as principais:

  • O banco precisa deixar claro que o cliente contratou um crédito pré-aprovado;
  • O valor do limite do cheque especial deve ficar claro no extrato, para não ser confundido com o saldo disponível na conta corrente do consumidor;
  • O banco deve avisar o cliente quando ele não tiver saldo suficiente na conta e precisar usar o limite do cheque especial;
  • O banco precisará oferecer uma opção para o cliente parcelar o saldo devedor com juros mais baixos do que o original;

A ideia da Febraban foi garantir maior transparência na atuação das instituições financeiras, além de informações para os usuários correntistas e possibilitar, para aqueles que já estão endividados, uma linha de crédito com juros menores, viabilizando o pagamento da dívida sem que isso comprometa totalmente o seu orçamento mensal, se tornando mais um superendividado.

Para entender tudo sobre superendividamento, clique aqui.

Taxas de juros do cheque especial

Confira abaixo as taxas de juros média de cheque especial cobradas em agosto pelos 5 principais bancos que operam no Brasil:

INSTITUIÇÃO % a.m. % a.a.
SANTANDER (BRASIL) S.A. 14,77 422,57
ITAÚ UNIBANCO S.A. 12,38 305,68
BCO DO BRASIL S.A. 12,21 298,2
7BCO BRADESCO S.A. 12,18 297,06
CAIXA ECONOMICA FEDERAL 9,40 193,82

Fique atendo!

Caso entre no cheque especial, procure rapidamente cobrir o saldo utilizado. E caso perceba que não terá recursos próprios para pagar, faça uma análise de outras linhas de crédito com juros menores e quite esta dívida o quanto antes.